Download Caminhos e Segredos Da Radiônica PDF

TitleCaminhos e Segredos Da Radiônica
File Size3.8 MB
Total Pages92
Document Text Contents
Page 1

CAMINHOS E SEGREDOS DA RADIÔNICA
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________



1
________________________________________________________________________________

www.radiestesiaecia.com – [email protected]















CAMINHOS E SEGREDOS

DA RADIÔNICA


APRESENTAÇÃO DE UMA HIPÓTESE QUÂNTICA PARA O
FENÔMENO RADIÔNICO



Angelus Dapaz
** 2012 **

Page 2

Angelus Dapaz
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________



2
____________________________________________________________________________

Todos os direitos reservados Myfreecopyright - MCN: CFC69-PRKB5-T2ZJ4





Angelus Dapaz












Caminhos e Segredos da Radiônica


APRESENTAÇÃO DE UMA HIPÓTESE QUÂNTICA PARA O
FENÔMENO RADIÔNICO
















O livro Caminhos e Segredos da Radiônica de autoria de Angelus Dapaz foi

licenciado sob uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial –
CompartilhaIhamento pela mesma licença 3.0 Não Adaptada.

Trabalho disponível em www.radiestesiaecia.com.

Page 46

Angelus Dapaz
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________



46
____________________________________________________________________________

Todos os direitos reservados Myfreecopyright - MCN: CFC69-PRKB5-T2ZJ4




Uma das avaliações mais interessantes do Reflexophone foi feita pela empresa
“Electro Medical Instrument Manufactures”, em 1955, a pedido do editor do
“British Journal”, que o descreveu:

“Senhor,

Conforme solicitado, examinamos o painel de controle do seu Reflexophone de
Abrams. Ele é constituído por três reostatos variáveis com escalas marcadas de
forma a indicar vários valores ôhmicos. As marcações são:

0 - 50, em passos de 10 Ohms.
0 - 10, em passos de 1 Ohm.
0 - 25, em passos de 1/25th Ohm.

Estes valores são necessariamente aproximados, devido a algumas variações dos
parafusos de contato. Este painel pode muito bem ser usado em conjunto com um
circuito indutivo.

Os reostatos são enrolados de modo que funcionem como indutivos e, portanto, as
variações nas resistências também causarão variação nas indutâncias. É possível
que a função desta indutância seja capturar algumas frequências que serviriam

Page 47

CAMINHOS E SEGREDOS DA RADIÔNICA
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________



47
________________________________________________________________________________

www.radiestesiaecia.com – [email protected]

ao propósito especial do Dr. Abrams.





Link para imagens do Reflexophone:

http://www.nolindan.com/lindancollection/ql209.html




Reflexophone e os diagnósticos a partir de uma gota de sangue



O desenvolvimento de um procedimento para a
elaboração dos diagnósticos diferenciais usando um
Reflexophone, como mostrado anteriormente, não
foi suficiente para acalmar o espírito investigativo do
Dr. Albert Abrams. Ele queria mais, muito mais,
como será visto a seguir.

Depois de muitas experiências, Abrams passou a
colecionar o registro de várias “taxas” de reações
eletrônicas de doenças, ou seja, números que

indicavam em um Reflexophone a regulagem de seus diais para uma determinada
amostra patológica. Com esse acervo de “taxas”, vivendo a inquietude dos
pesquisadores, se via obrigado a avançar em suas experiências. Então, fazendo
uso dos seus registros de “reações” patológicas, tratou de experimentar se eles
eram válidos para amostras não patológicas, como é o caso do sangue. Nessa
direção, colheu amostras de sangue de pacientes portadores de doenças
claramente definidas, como é o caso do câncer, sífilis, tuberculose, etc., e
pesquisou se elas poderiam provocar no corpo de uma pessoa sadia - conhecida
como “sujeito”, às mesmas reações observadas em seus experimentos anteriores
com amostras patológicas.

Page 91

CAMINHOS E SEGREDOS DA RADIÔNICA
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________



91
________________________________________________________________________________

www.radiestesiaecia.com – [email protected]

sempre que possível, em frequência que seja compatível com as exigências do
sistema orgânico que irriga. Os ecossistemas, quando não sofrem interferências
externas, sempre procuram o melhor arranjo, o equilíbrio. Assim, acontece com
os ajustes dos diais de uma máquina radiônica, quando inserida em circuito
correlacionado, como mostrado na figura acima. Seus diais se ajustam na melhor
configuração e com o melhor arranjo numérico representativo da interação
radionicista – em A, a máquina radiônica e “sujeito ou objeto” – em B.

Ainda cabe dizer que “o pensamento, desencadeando a atividade cerebral e
funcionando como um propulsor dos impulsos elétricos trocados entre
neurônios...”, sempre engendra mecanismos para viabilizar eventos
correlacionados.


NOTA: Diferentemente do físico Laércio Fonseca, a “Consciência” não foi tratada
nessa hipótese como um “sujeito ou objeto quântico”, porque se entende que as
correlações mencionadas nesse texto entre “sujeitos ou objetos”, sejam eles
animados ou inanimados, se dão por “afinidades”. A “Consciência” ou a “Força
Animadora” está em todas as coisas, inclusive em cada uma das partículas
elementares. Sendo assim, a correlação entre “sujeitos ou objetos” separados se
dá com o conjunto de partículas de cada um deles, simultaneamente.


A recepção e transmissão radiônica de influências no Universo físico

Estabelecida a ligação radiônica com um “sujeito ou objeto” – em B, a recepção e a
transmissão se dão pela circulação de influências pelo circuito, mostrado pelas
setas azuis no esquema acima. É como se o radionicista – em A e o “sujeito ou
objeto” – em B, fossem um só, compartilhando de um mesmo “Campo”, com
cada parte de seus corpos, ou pelo menos de suas mentes no caso de interações
humanas, correlacionadas em sua polarização com suas flechas de spin (rotação)
ora se movimentando em um sentido e ora em outro.

Na prática radiestésica o circuito apresentado na figura, não teria a máquina
radiônica e, também, não se beneficiaria dos números que fixam as coordenadas
do “sujeito ou objeto” – em B, no Campo de Energia oscilante. Sendo assim, a cada
exercício do radiestesista, uma nova ligação com o “sujeito ou objeto” teria que
ser estabelecida visando à obtenção da correlação desejada.

Page 92

Angelus Dapaz
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________



92
____________________________________________________________________________

Todos os direitos reservados Myfreecopyright - MCN: CFC69-PRKB5-T2ZJ4

Por fim, ressalta-se que em todo o contexto radiônico e radiestésico o que
prevalece é a “vontade” do operador, independente de quaisquer teorias para
explicar esses fenômenos. Não a “vontade” confundida com um desejo qualquer,
de natureza menor. Mas algo contundente, transformador, típico daqueles que
não se deixam render – dos determinados. Esse é um atributo da personalidade -
que quando devidamente desenvolvido - é capaz de feitos inenarráveis, porque
funciona como um verdadeiro propulsor para quaisquer eventos, em quaisquer
níveis. Sendo assim, os sentidos dos fluxos de influências dependem,
principalmente, da “vontade” do operador.


Considerações finais

A inspiração para essa hipótese nasceu da necessidade de elevarmos a radiestesia
e radiônica, para um patamar de entendimento mais técnico e menos cercado de
contextos mágicos, com conotação depreciativa. Obviamente, que a ousadia
dessa proposta provocará muita reflexão e até protestos daqueles que tiverem
suas crenças perturbadas. Contudo, assim acontecendo, ela servirá para construir
outro cenário para a discussão do assunto, mas sintonizado com contextos
científicos.

Agradecemos a todos os autores que contribuíram para esse trabalho, em especial
os que não puderam ser identificados.

Similer Documents