Download Livro de Testes 7.º Ano PDF

TitleLivro de Testes 7.º Ano
Tags Pop Culture Short Stories Subject (Grammar) Man
File Size983.7 KB
Total Pages52
Document Text Contents
Page 1

LIVROLIVRO DDEETESTESTESTES
MATERIAL EXCLUSIVO

Professor Professor

– – 7.7.ooAANONO

PortuguêsPortuguês

Page 2

1

ÍNDICEÍNDICE

Teste 1Teste 1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2

Teste 2Teste 2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10

Teste 3Teste 3 . . . . .. . . . . . . . . . . . . .. . . . . .. . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19

Teste 4Teste 4 . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27

Teste 5Teste 5 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35

Teste 6Teste 6 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 43

Cenários de respostaCenários de resposta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51

Nota: Este livro de testes encontra-se redigido conforme o novo Acordo Ortográfico.

Page 26

25

GRUPO IVGRUPO IV

Responde aos itens que se seguem, de acordo com as orientações que te são
dadas.

Escolhe apenas umaapenas uma das alternativas apresentadas e realiza a atividade.
Escreve um texto de 180 a 240 palavras.

a)a)

Escreve a conclusão desta história.Escreve a conclusão desta história.
No teu texto deves:

– ordenar os acontecimentos logicamente;
– caracterizar os sentimentos do Cavaleiro à medida que vai avançando na

floresta;

– introduzir uma expressão conclusiva para finalizar a história.

OuOu

b)b)

Escreve a continuação da história, incluindo um diálogo entre estas duasEscreve a continuação da história, incluindo um diálogo entre estas duas
personagens, onde cada uma apresente os argumentos utilizados parapersonagens, onde cada uma apresente os argumentos utilizados para
defender os seus pontos de vista.defender os seus pontos de vista.

No teu texto deves:

– respeitar as regras do diálogo;
– introduzir as falas das personagens com verbos como dizer, afirmar,

assegurar, questionar, entre outros;

– usar o vocativo.

FIMFIM

(25 pontos)(25 pontos)

Page 27

26

TESTETESTE 44
NOMENOME: TURMATURMA: N.N.OO:

Narrativa 2Narrativa 2

GRUPO IGRUPO I

Antes de iniciares a audição da entrevista ao aventureiro dos ares, Nuno
Virgílio, lê
as perguntas.

Depois, ouve atentamente a informação e responde às questões.

1.1. De acordo com a informação que ouviste, classifica cada afirmação como
verdadeira ou falsa, justificando as frases falsas.

a)a) Nuno Virgílio começou a praticar parapente por iniciativa própria.

b)b) O piloto iniciou a atividade desportiva na juventude.

c)c) Na opinião do entrevistador, o sonho de voar é recorrente durante a
infância.

d)d) O parapente permite explorar um elemento desconhecido para a maior
parte das pessoas.

e)e) O piloto de parapente assume-se como alguém que tem realizado alguns
dos seus sonhos.

f)f) O entrevistado afirma que a subida da adrenalina é a melhor sensação
durante o voo.

g)g) Segundo o entrevistado, na prática do parapente há espírito de competição.

h)h) Nuno Virgílio é engenheiro aeronáutico.

i)i) Os conhecimentos adquiridos por Nuno Virgílio na universidade são úteis
na sua prática desportiva.

j) j) O piloto atingiu o seu recorde pessoal através de um voo em território
português.

Áudio • Faixa 24
Entrevista de Valter
Madureira a Nuno

Virgílio, praticantede parapente

(10 pontos)(10 pontos)

(10 pontos)(10 pontos)

Page 51

50

CENÁRIOS DE RESPOSTACENÁRIOS DE RESPOSTA

2.2.
a)a) Verdadeira.
b)b) Falsa. O tema dos poemas a concurso é livre.
c)c) Verdadeira.
d)d) Falsa. Os cinco elementos do júri são designados pelo

Plano nacional de leitura e pelo Centro Cultural de
Belém.

e)e) Verdadeira.
f)f) As despesas de transporte e alojamento serão da res-

ponsabilidade da organização do concurso.

TESTE 6TESTE 6
Grupo IGrupo I
Página 43Página 43
a)a) O escritor considera que o teatro para crianças e

jovens tem sido colocado em segundo plano.
b)b) O encenador é João Mota.
c)c) A peça intitula-se Aventuras de João Sem Medo e é

baseadana obra de José Gomes Ferreira.
d)d) A peça dirige-se a avós, pais filhos, sobrinhos e netos.
e)e) O ator é Miguel Guilherme.

Grupo IIGrupo II
Parte AParte A
Páginas 44 e 45Páginas 44 e 45
1.1. A fonte de ambos os textos é a Agenda cultural Lisboa

de Janeiro de 2011.
2.2. O público-alvo do texto A é uma camada jovem, com

idades compreendidas entre os 12 e os 18 anos.
Quanto à atividade referida no texto B, destina-se a
crianças maiores de seis anos.

3.3. As entidades promotoras do curso referido no texto A
são a Associação Tenda Palhaços do Mundo e a Junta
de Freguesia de Carnide.

4.14.1 b)
4.24.2 c)
4.34.3 b)
4.44.4 b)

Grupo IIGrupo II
Parte BParte B
5.5. O rei estava preocupado e ansioso devido ao sonho

que tinha tido. Perante as palavras do Bobo revela-se
mal-humorado e autoritário.

6.6. A ação decorre no jardim do palácio real do reino da
Helíria.

7.7. Existe uma relação de hierarquia entre o Bobo e o Rei.
O bobo tem a função de entreter o rei e de o ouvir.

8.8. O Bobo, indiretamente, destaca a insensibilidade do
rei face às condições em que vivem os pobres, que não
têm tempo para pensar em sonhos porque vivem em
função dos desejos dos elementos da corte.

9.9. «(aparte)».
10.10. Instala-se um conflito entre as personagens porque o

bobo tenta dar a sua opinião e desvalorizar a
importância que o rei está a dar a um simples sonho
mas este não o quer ouvir, chegando a ser

extremamente autoritário.

Grupo IIIGrupo III
1.1. Interjeição.
1.11.1 Há muitos anos, o rei da Helíria teve um sonho.
2.2. As reticências acentuam a preocupação do rei rela-

tivamente ao sonho. Os pontos de exclamação des-
tacam a determinação e objetividade do bobo, na
tentativa de alegrar o rei .

3.3.
a)a) Dois pontos.
b)b) Ponto de interrogação.
c)c) Vírgula.
d)d) Vírgula.
e)e) Ponto final ou de exclamação.

4.4. O bobo interrogou o rei perguntando-lhe o que era um
sonho. Em seguida afirmou que se ele tinha sonhado
estava sonhado e que não adiantava ficar a remoer.

5.5.
a)a) – (4)
b)b) – (3)
c)c) – (2)
d)d) – (1)

6.6. As palavras do rei eram ouvidas pelo Bobo.

Page 52

51

Similer Documents